Rotina pra que te quero?

O que é rotina pra você? Será que ela precisa existir? A rotina é sempre chata?

Imagine uma vida sem rotina. Mas sem rotina mesmo. Você não sabe “SE” e que horas vai acordar, nunca sabe quando vai almoçar ou ir à academia. Você só vai às compras no mercado quando vê que não sobrou nem aquela bolachinha água e sal. Você começa um projeto super bacana e vai fazendo cada etapa na medida em que sobra tempo ou na medida em que as demandas gritam. Você não planeja o que precisa e muito menos coloca a mão na massa do jeito mais eficiente. Resultado? Você se sente improdutivo, se perde na sua própria confusão, nada flui, você desanima e, muito provavelmente, deve chegar a hora em que vai decidir jogar tudo para o alto porque simplesmente se sente correndo feito um louco na esteira. É… talvez uma rotina tenha lá sua importância.

Existem 2 tipos de rotina: a preto no branco e a colorida.

Vamos falar da primeira. Religiosamente, você acorda todos os dias da semana nos mesmos horários (inclusive nos dias de descanso), toma sempre seu café forte com um pouco de leite, almoça nos mesmos restaurantes pedindo os pratos de sempre, não nota que há pratos novos no cardápio, conversa com as mesmas pessoas sobre os mesmos assuntos, chega no trabalho e já sabe tudo que tem que fazer pela manhã, às 11h e depois do almoço. Passa a tarde toda com fone de ouvido porque o que você tem que fazer já está há tempos no modo automático. E chega o final do dia você sabe que conseguiu entregar tudo para o seu chefe. Ufa. Chega à noite e você dá aquele suspiro de que mais um dia se foi e que você deu conta. Ao mesmo tempo, anoitece e você não sabe se teria sido bom ou ruim se tivesse aceitado o convite para sair ao invés de assistir aquele programa semanal que passa na TV e não sabe também se receberia elogios ou críticas se tivesse entregue o mesmo trabalho de outra forma.

Agora a colorida. Você sabe que tem que levar seu cachorro para passear pelo menos 2x ao dia. Sabe que sua geladeira precisa estar cheia no final de semana para receber os amigos em casa. Sabe que suas aulas de yoga são sempre às quintas-feiras, 20h. Por você ter uma rotina, você sabe quais são suas brechas na agenda para encaixar uma viagem curta, para conhecer um lugar novo ou beber um vinho com quem quer que seja. Você encontra flexibilidade em cancelar um compromisso porque acha que fazer outra coisa vai ser mais legal. Deixa de ganhar de um lado e ganha do outro. Mas ao mesmo tempo você entrega resultados para o seu chefe dentro dos prazos sem deixar de lado seus projetos particulares. Você se desdobra, mas consegue encontrar tempo para tudo que realmente quer e precisa fazer.

Nenhuma rotina é errada. Não dizem que uns se dão melhor com letras e outros com números? Pois é, saiba o que você realmente gosta e, finalmente, se sinta livre para escolher qual delas te faz ir mais longe.

Por Luana Lie, Coach de Alta Performance | www.luanalie.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s